Para Que Servem As Fibras

Medicamento Para Emagrecer: Realmente compensa?


http://eurobondnews.com/pressrelease/MzAzNDkwOA/quitoplan-announces-launch-of-new-complete-package-for-worldwide-distribution/

A maioria das pessoas de imediato domina que, para emagrecer de modo saudável, o melhor caminho é reunir uma alimentação com saúde à prática de atividades físicas. Porém, não há como rejeitar: muita gente adoraria de poder contar com a ajuda de uma “fórmula mágica”, que fizesse com que a redução de peso ocorresse de modo mais rápida e sem grandes sofrimentos!


E é, normalmente, pensando nisso que várias pessoas acabam recorrendo aos medicamentos para emagrecer. No entanto será que, efetivamente, eles proporcionam um emagrecimento seguro? Quais são os riscos de contar com a ajuda nesse tipo de medicamento? Finalmente, será que realmente compensa apostar neles? Abaixo você confere as principais infos a respeito os medicamentos para emagrecer e a opinião de um endocrinologista sobre o assunto.


Clique nste artigo

Quais são os remédios que propiciam a redução de calorias? Ao falar a respeito de medicamentos pra emagrecer, a sibutramina é, provavelmente, o primeiro nome que vem à mente das pessoas. Durante um estágio, sua venda ficou proibida, todavia, agora ela pode, outra vez, ser comprada em farmácias, desde que com receita médica. Fernando Moreno Sebastianes, médico endocrinologista e metabologista, com PhD pela USP-São Paulo, explica que, além da sibutramina, existe somente o orlistat (mais chamado de Xenical) aprovado pra perda de gordura no Brasil. O endocrinologista destaca que muitas medicações, muito utilizadas no passado, como femproporex, anfepramona e mazindol, foram suspensas do mercado há alguns anos e não são mais vendidas no Brasil.Veja mais conteúdo sobre esse tema escrito Clique nste artigo .


Ainda de acordo Sebastianes, há assim como diversos fitoterápicos que garantem auxiliar na perda de peso, apesar de, na grande maior parte das vezes, não tenham sido submetidos a estudos adequados pra certificar provável benefício. Em outros países, existem mais duas opções pra tratamento da obesidade: a lorcaserina e também uma agregação em um mesmo comprimido de topiramato e fentermina. Entretanto, esses medicamentos ainda não são liberados para venda no Brasil”, inclui Fernando Sebastianes. Como agem os medicamentos para emagrecer? Fernando Sebastianes explica que a sibutramina é um medicamento com ação no sistema nervoso central, agindo principalmente no controle da saciedade.



  • ½ pepino picado

  • Use os cereais integrais

  • Beba chá verde

  • 1 cenoura em cubos

  • 1/dois pimentão picado

  • Beba mais água

  • 1 colher (sobremesa) de linhaça dourada triturada


A maioria dos remédios age sendo assim, a despeito de em pontos diferentes das complexas vias que regulam a fome e a saciedade”, diz. O endocrinologista acrescenta que a maioria dos remédios tem efeito mínimo de “acelerar o metabolismo”, não sendo este o instrumento principal pelo qual atuam. O orlistat tem um modo de ação um tanto diferente, onde por volta de 30% das gorduras consumidas são eliminadas nas fezes. Este medicamento não aumenta a saciedade (‘não elimina o apetite’)”, explica o profissional.


Vale mostrar que existem medicamentos que conseguem ter como efeito colateral a redução de peso. Quem sofre de enxaqueca com crises frequentes e tem excesso de peso podes se favorecer do tratamento com topiramato, uma vez que ele socorro na prevenção das crises de enxaqueca e podes auxiliar pela perda de calorias. Quem é muito inquieto ou depressivo e tem exagero de peso poderá se beneficiar, por exemplo, da bupropiona.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *